Dúvidas Frequentes

Nesta página, você encontrará respostas para as perguntas e dúvidas mais frequentes que nossas equipes de suporte já registraram.

TEM DÚVIDAS?

Um domínio é o endereço do site (ex: dryhost.com.br ou google.com). O domínio pode ser comprado juntamente com a hospedagem e tem que ser renovado de ano a ano.

O registro de domínios no Brasil é feito pelo site registro.br, ligado ao Comitê Gestor da Internet Brasileira. Você pode conferir o tutorial de como fazer um novo registro aqui: http://registro.br/suporte/tutoriais/novo-registro.html. Para registrar um domínio, é necessário ser uma entidade legalmente representada ou estabelecida no Brasil como pessoa jurídica (Instituições que possuam CNPJ) ou física (CPF) que possua um contato em território nacional. Estrangeiros podem registrar domínios no Brasil através de procuradores estabelecidos no Brasil. Para contratar o registro de domínio na Dryhost, você precisa ser nosso cliente.

Se alguém já comprou o domínio, você tem que escolher outro. Também pode falar com o dono do domínio e tentar comprar, mas normalmente o preço não compensa.

Na Dryhost, o valor para registro de domínios nacionais é de R$ 35,00. Para domínios internacionais, o valor é a partir de R$ 45,00.
Domínios internacionais tem valores variados. Exemplo abaixo:

.com R$45,00
.co R$ 139,00
.tv R$ 139,00
.ws R$ 139,00

A contratação de seus domínios vale por 1 ano. Ao final deste período, você deve fazer a renovação caso haja interesse em mantê-los.

Uma hospedagem (Brasil), alojamento (Portugal) ou hosting (em inglês) é um espaço num computador, normalmente alugado, por uma empresa de alojamento. Você coloca o seu site nesse espaço e sempre que alguém abre uma página do site, a hospedagem envia o conteúdo para o computador dessa pessoa.

Hospede seu site com a Dryhost tenha maior segurança e velocidade.

Para solicitar que a migração de seu site seja realizada por nossa equipe, você pode abrir um ticket de suporte na categoria “Migração” e informar os dados referente ao tipo de migração de deseja, por exemplo: FTP, Banco de dados, E-mails.

Caso deseje a migração de tudo(arquivos, e-mails e banco de dados), será necessário informar endereço de conexão ao FTP do antigo servidor: host ou IP (caso não saiba, entre em contato com o antigo servidor e solicite), usuário para conexão e a respectiva senha. Se tiver acesso ao painel de controle do antigo servidor, nos informe os seguintes dados: endereço de acesso, usuário e a respectiva senha.

Domínio nada mais é que o nome do seu site na Internet. É o endereço pelo qual o mesmo será acessado. Por exemplo: o domínio do site da Dryhost é dryhost.com.br. Enquanto hospedagem é a casa de seu site na Internet, é onde ele estará alocado, utilizando servidores onde serão armazenados os dados de seu site, e-mails e etc.

Significa que a Dryhost se encarregará de alterar os DNS de seu domínio para os DNS da Dryhost. Se você escolher essa opção, após pago seu pedido a Dryhost entrará em contato solicitando os dados necessários para que possamos efetuar a alteração.

Sim. Você será o dono do domínio e poderá utilizá-lo na Dryhost ou em qualquer outro provedor de hospedagem.

Lembramos que os dados do registrante poderão ser visualizados em casos de pesquisas públicas, conforme regulamentação dos órgãos responsáveis pelos registros. O procedimento condiz com políticas de segurança específicas nacional ou internacional, como uma forma de identificação do usuário para evitar fins maliciosos, ou para evitar registros aleatórios.

É proibido o uso de nossos servidores para transmissão de e-mail não solicitado ou atitudes consideradas como prática de SPAM e envio dos chamados “arquivos bomba”. Nós consideramos SPAM, qualquer mensagem em massa não solicitada pelo receptor. Nos achamos no direito de cancelar seu plano de hospedagem, caso o SPAM esteja sendo praticado dentro de nossos servidores.

O SSH (Secure SHell) é um protocolo que permite a você acessar virtualmente o servidor como se você estivesse em um terminal (no prompt do DOS, por exemplo). Se você preferir, considere como o SSH como um computador controlando outro computador. Primeiro é necessário um programa que conecte na porta 22 . Neste tutorial iremos utilizar o Putty. Um programa de fácil execução e satisfaz qualquer usuário.
Para fazer download do programa clique aqui.

Conectando na Dryhost, utilizando o programa Putty

Host Name: Digite seu domínio de conta Linux.
SSH: Selecione o protocolo SSH, para ter a conexão na porta 22.
Clique em “Open”
Após isto digite o seu nome de usuário e respectiva senha.
Pronto! Você está conectado remotamente ao PC da Dryhost e logado na sua conta.

O SSH (Secure SHell) é um protocolo que permite a você acessar virtualmente o servidor como se você estivesse em um terminal (no prompt do DOS, por exemplo). Se você preferir, considere como o SSH como um computador controlando outro computador. Primeiro é necessário um programa que conecte na porta 22 . Neste tutorial iremos utilizar o Putty. Um programa de fácil execução e satisfaz qualquer usuário.
Para fazer download do programa clique aqui.

Conectando na Dryhost, utilizando o programa Putty

Host Name: Digite seu domínio de conta Linux.
SSH: Selecione o protocolo SSH, para ter a conexão na porta 22.
Clique em “Open”
Após isto digite o seu nome de usuário e respectiva senha.
Pronto! Você está conectado remotamente ao PC da Dryhost e logado na sua conta.

Configurando E-mail:

Todo software de e-mail, seja qual for, sempre necessita de 4 informações básicas para sua configuração, que são:

– Nome do servidor IMAP
– Nome do servidor SMTP
– Login do usuário
– Senha
– Autenticação pra SMTP

O nome do servidor IMAP será sempre: mail.dominio.com.br
O nome do servidor SMTP será sempre: mail.dominio.com.br

Na conta de e-mail: [email protected] o login é “[email protected]”.

– login de autenticação: [email protected]
– senha de autenticação: suasenha

Abaixo segue uma explicação sobre como configurar a autenticação no Outlook:

  1. Na tela principal do Outlook, clique em “Ferramentas”, depois em “Contas”
  2. Clique 2 vezes no e-mail desejado
  3. Na tela que irá abrir, clique em “Servidores” no menu suspenso
  4. Selecione a opção “Meu servidor requer autenticação”
  5. Clique em “Configurações”
  6. “Fazer logon usando” e coloque o login e senha de autenticação informados acima
  7. Pronto, seu e-mail já pode utilizar nosso SMTP.

Configurar Apple Mail

Para configurar o Apple mail, siga os passos acima.

Caso ainda tenha dificuldade, consulte o vídeo abaixo:

Converse conosco
Converse conosco
Perguntas, dúvidas, problemas? Estamos aqui para lhe ajudar!
Conectando...
Nenhum dos nossos operadores estão disponíveis no momento. Por favor, tente novamente mais tarde.
Nossos operadores estão ocupados. Por favor, tente novamente mais tarde
:
:
:
Você tem uma dúvida? Escreva para a gente!
:
:
Esta sessão de chat foi finalizada
A conversa foi útil? Dê seu voto para está sessão de chat.
Bom Ruim