Guia prático para criar um ótimo plano de negócios

6 de junho de 2016

Gostou? Compartilhe

FacebookTwitterGoogleLinkedIn

O plano de negócios é uma das armas mais poderosas que o empreendedor possui. Com um plano excelente, que vai direto ao ponto e convence sobre a possível lucratividade do negócio, você pode angariar recursos e mão de obra para levantar sua ideia. É necessário pesquisa e muito trabalho para criar um documento que descreva e contextualize sua ideia da melhor maneira possível.

Neste post apresentamos uma estrutura básica que poderá ser utilizada para criar seu plano. Além disso, pensamos em questões que o seu plano de negócios deve responder aos possíveis leitores, uma vez que ele estiver pronto.

É recomendável que seu plano de negócios tenha pelo menos esses itens:

1 – Sumário executivo
2 – Problema e solução
3 – Descrição da empresa
4 – Oportunidades de mercado
5 – Modelo de negócio
6 – Análise da concorrência
7 – Estratégia de marketing e vendas
8 – Apresentação da equipe de gestão
9 – Projeções financeiras

Algumas questões para você responder no seu plano de negócios:

  • Qual problema você quer resolver?

Essa questão é importante porque ela vai além da simples descrição do empreendimento. Com essa pergunta você precisará imaginar o papel que o seu produto/serviço terá na vida dos clientes que o utilizaram. Para responder, você precisará usar lógica e pensamento crítico. Afinal, quais são os possíveis cenários que levariam os clientes a adquirir sua oferta.

  • Quem são seus clientes?

Quem faz parte do seu mercado? Explique quem são seus potenciais clientes respondendo questões como faixa etária, região do planeta em que vivem, como vivem (estilo de vida) e, por fim, como a sua oferta se aplicaria em suas vidas.

  • Porque você é a pessoa certa para criar e gerenciar essa empresa?

Investidores e futuros sócios irão gostar de saber sobre seu background e o que faz de você uma pessoa competente para comandar este empreendimento. Por isto, tenha uma seção em seu plano de negócios onde você explica sua formação, perfil empreendedor e experiências anteriores liderando negócios. Apresente também os outros lideres, de diferentes áreas, que o negócio possui. Essa apresentação trará credibilidade para sua proposta.

  • Você tem um cronograma?

Investidores querem saber como e quando o dinheiro investido será utilizado. Tenha certeza que seu plano de negócios inclui um cronograma factível, com objetivos claros e etapas definidas, incluindo projeções de crescimento e lucro.

  • Qual o seu modelo de negócios?

Como você irá lucrar? Explique, por exemplo, se você obterá receita a partir da venda de espaços publicitários; se comercializará assinaturas; se você vai cobrar por atualizações e add-ons. Essa questão também deve ser respondida para deixar claro como você pretende pagar suas despesas de operação. Você precisa demonstrar que o total esperado de vendas será capaz de superar a quantia devida, se não imediatamente, quando? (ver cronograma)

  • O que o diferencia de seus competidores?

Saiba quais as características que diferenciam seu negócio de outros similares do ramo. Por exemplo, você vai propor uma ferramenta mais rápida, que solucione dois ou mais problemas ao mesmo tempo? Você oferece melhor assistência aos clientes? Para saber seus pontos fortes (e os fracos também) é necessário pesquisar a concorrência, portanto, mãos à obra!

  • Como você irá promover seu negócio?

A promoção de seu negócio é tão importante quanto a criação dele. Sua análise competitiva também irá ajudar a esclarecer essa parte do plano. Como seus concorrentes utilizam as mídias? Eles utilizam mídias tradicionais ou marketing online? Estude e aprenda com a experiência de seus concorrentes.

Gostou? Compartilhe

FacebookTwitterGoogleLinkedIn