6 erros em páginas de produtos que prejudicam as vendas

4 de agosto de 2016

Gostou? Compartilhe

FacebookTwitterGoogleLinkedIn

Seu e-commerce já está no ar há algum tempo e você ainda não visualizou os resultados esperados? Pode ser que você esteja errando em alguns detalhes extremamente importantes nas páginas dos seus produtos. Vamos verificar se você se encaixa em algum destes?

✓ Transcrição do fabricante

Na descrição dos seus produtos o cliente encontra apenas as especificações técnicas do fabricante, sem nada mais que o atraia para a compra? Se sim, repense sua estratégia agora mesmo! Trazer informações relevantes para o consumidor, de uma maneira amigável e de fácil compreensão torna o seu e-commerce mais atrativo não só para quem o visita mas também para os mecanismos de busca. Por isso, invista um pouco mais de tempo em produzir um conteúdo relevante para o seu cliente. Isso demonstra que você realmente se importa com ele.

✓ Cópia de outras lojas virtuais

Você está sem tempo de produzir conteúdo relevante para o seu e-commerce e decide copiar o que o seu concorrente está postando? Ponto negativo para você! Além de poder ser penalizado criminalmente pela lei de direitos autorais, os mecanismos de busca detectam o seu plágio e penalizam a sua loja virtual, deixando-a de fora dos resultados de busca. Como você pode perceber, agir de má fé é um “tiro no pé”. Se não puder desenvolver uma boa estratégia de conteúdo, não deixe suas páginas indexadas para os mecanismos de busca. Assim você evita passar por qualquer tipo de penalização.

✓ Descrição mal feita

Aquelas descrições que não dizem nada com nada, apenas repetem as especificações técnicas do fabricante de uma maneira mais “pomposa” também não ajudam na hora de vender seus produtos. Pesquise sobre a sua mercadoria, consulte o fabricante e pessoas que já o usaram e então forneça informações que realmente farão diferença para o consumidor na hora de adquiri-la.

✓ Prometer o que não pode cumprir

Muitas descrições afirmam que o produto é milagroso e transformará a vida dos consumidores. Será que vai mesmo? Se uma pessoa compra um suplemento que promete emagrecimento mas continua sedentária e comendo mal, ela terá os resultados prometidos? Obviamente que não. Então não prometa o que o seu produto não poderá cumprir. Honestidade é tudo.

✓ Não permitir comentários

Os comentários de outros usuários do produto são um ótimo mecanismo de recomendação, não só para novos compradores como também para os mecanismos de busca. Quanto mais comentários tiver no seu site, melhor será o posicionamento do seu e-commerce nos resultados de busca. Comentários significam acessos, e quantos mais acesso à sua loja virtual, melhor ela é classificada.

✓ URLs mal feitas

Cada página do seu e-commerce possui uma URL que deve estar afinada com as estratégias de SEO. Sendo assim, nada de URLs enormes, que não dizem nada. Cada URL deve ter pelo menos uma palavra-chave que defina o seu produto, de maneira direta, pois as pessoas que estão em busca de determinado produto saberão o que encontrar no seu e-commerce, assim como os mecanismos de busca.

Achou algum erro na sua estratégia de marketing digital a partir desse texto? Se sim, não se desespere. Ainda há tempo de mudar o conteúdo do seu site e torná-lo mais atrativo para o seu público. Analise todas as páginas e verifique as correções necessárias. Depois disso, boa vendas!

Gostou? Compartilhe

FacebookTwitterGoogleLinkedIn